19 de dezembro de 2012

Quando o amor não morre.




“ As muitas águas, não podem apagar o amor, nem os rios afogá-lo, ele é mais precioso que todos os bens da terra” Ct 8;7.


Wilma Rejane

Amor é a palavra que melhor define a essência do cristianismo.  Por amor, Jesus se entregou à morte , sendo Ele mesmo o Redentor: “Aquele que redime, liberta da escravidão” .  Redenção, portanto, é esperança. Que não deixa o amor se apagar, nem desfalecer pelas muitas águas ( tribulações). É isso, cristianismo é um amor que não pode morrer, porque do contrário, o escravo, outrora liberto, volta a sentir o aperto dos grilhões. Em parábola, digo que o amor é assim uma plantinha que precisa ser regada, dia após dia,  de gota em gota, para não ser afogada. Um desafio. Especialmente quando o mundo lança suas enxuradas sem considerar o tempo e as estações.


Essa mensagem não é grande em tamanho, mas espero que seja em profundidade, porque a escrevo para dizer que  uma pequena e frágil flor, nas mãos do Criador, não se despetala, nem morre,  tem a capacidade de renascer, (como Redenção), deixando becos e solos secos,   para o aconchego do lar, do jardim que a cuidou e nunca em  tempo algum a arrancou ( eu e você perto de Deus)

Lembre-se do Redentor, Ele tem como missão libertar e o faz simplesmente porque Sua essência é o amor ( esta que também está na flor). Não é para ser romântica, ou ilusória essa parábola, mas real, com todas as dores que o mundo ostenta, que esmaga, a largos passos, a beleza das cores, porque odeia jardins. Deus fez o mais belo e perfeito jardim (Eden) até que veio o mal para arrancar suas flores.




A vida não é mesmo "um mar de rosas", mas creio no Redentor que anda por sobre as águas e lança sementes em terra fértil e as rosas, e frutos, não se perdem, mas se engradecem pela Redenção! Lembremos de Jó, ferido em todos os seus termos e já sem beleza, mas em dado momento de sua angústia, arrancou do seu intímo as lembranças do amor que não o deixava morrer: " Porque eu sei que o meu Redentor vive e que por fim, se levantará de sobre a terra" jó 19:25.

Temos um Redentor, que não deixa morrer o amor. E enquanto houver em nós esse favor, a vida segue, grávida de vitórias que serão paridas. Temos um Redentor, que não esquece a fragilidade das flores, do que somos, e ainda assim, por nós pagou o mais alto preço, por amor.

“ As muitas águas, não podem apagar o amor, nem os rios afogá-lo, Ele é mais precioso que todos os bens da terra” Ct 8;7.

Clique na Imagem e assista ao vídeo " Quando Jesus é tudo que temos"




POR: JESUS DENTRO DO BARCO
16/12/12

1 Comentario:

Laélia Marques disse...

linda postagem. . . Deus sempre será a fonte do amor. . aleluia, vou divulga o post gosteiii!!!

Postar um comentário

Deiche aqui suas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...